Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Para diminuir crescimento da dengue, Tenente Portela distribui repelentes

Em um primeiro momento, 400 frascos estão sendo distribuídos, devido à dificuldade para compra de um maior lote

9 de fevereiro de 2024
Repelentes serão entregues aos servidores da secretaria municipal de saúde (Foto: Assessoria de Comunicação / Prefeitura de Tenente Portela)

Em mais uma medida para tentar conter o surto de dengue que atinge a cidade, a prefeitura de Tenente Portela começou nesta quinta-feira (08) a distribuição de repelentes. Segundo dados da Secretaria de Saúde do Município, são 1.071 casos confirmados da doença, e um óbito, somente em 2024.

O prefeito Rosemar Sala confirmou que o município teve dificuldade de conseguir fornecimento em grande quantidade do produto. Por isso, nesse primeiro momento, os 400 frascos de repelente serão entregues para os funcionários públicos que trabalham na força tarefa contra a doença em Tenente Portela.

Ele garantiu ainda, que a administração está tentando mais unidades do produto com os fornecedores para poder distribuir a toda população. “Infelizmente a oferta é pequena, mas já estamos providenciando. Acredito que isso vá amenizar os casos da doença no município”, afirmou Sala.

A medida é uma das adotadas no município para diminuir o número de casos, uma vez que a cidade lidera o número de diagnósticos no Estado.

No início da semana, uma morte em decorrência da dengue foi confirmada no município. Era uma mulher, de 71 anos de idade, que apresentava comorbidades e estava internada no Hospital Santo Antônio.

Um decreto de emergência em saúde pública deve ser publicado nesta sexta-feira, com laudos da Defesa Civil, da saúde e da assistência social. Na próxima semana, o fumacê deve ser aplicado novamente no município para combater o mosquito Aedes aegypti.

O secretário de Administração de Tenente Portela, Paulo Farias, em entrevista à Rádio Alto Uruguai, ontem, referiu que a situação segue grave no município. O Hospital Santo Antônio registrava seis pacientes internados, apresentando um quadro mais grave de dengue.

Segundo Paulo Farias, no período entre 20 de dezembro e 7 de fevereiro, pelo menos 35 pessoas necessitaram de internação no hospital em razão da dengue.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2024 ® - Todos os direitos reservados