Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Sulpetro: ausência de gasolina nas tratativas do governo com manifestantes preocupa

Entidade propõe que combustível também seja tratado como prioridade

25 de maio de 2018
Altos preços da gasolina têm causado revolta nos consumidores gaúchos (Foto: Vinicius Araujo / Rádio Alto Uruguai)

O Sulpetro, sindicato que representa os postos de combustíveis no Rio Grande do Sul, demonstrou “preocupação” com a ausência da temática da gasolina nas discussões entre governo e caminhoneiros em greve. De acordo com a entidade, “o segmento varejista de combustíveis defende a tributação monofásica (de um tributo só) para a gasolina, pois o Rio Grande do Sul é o terceiro estado com a maior alíquota de ICMS do País”. A proposta é de que a gasolina também seja tratada como prioridade, e que a busca por acordos não se restrinjam ao diesel.

Em nota, o Sulpetro ainda mencionou que “é necessário que o governo se responsabilize sobre o peso dos impostos em relação aos combustíveis e seus efeitos à sociedade. No caso da gasolina, quase 50% do valor do produto são impostos federais e estaduais”, salienta o texto. Além disso, o Sindicato criticou a queda nos lucros dos estabelecimentos, tendo em vista que os aumentos repassados ao consumidor não são absorvidos pelos postos.

Sobre a greve, o Sulpetro entende “que a greve dos caminhoneiros já demonstrou à população a importância do movimento; no caso, a necessidade da redução dos custos dos combustíveis, especialmente do óleo diesel. Contudo, a instituição ressalta que o momento é de que haja um acordo efetivo urgente entre União e os caminhoneiros para que não se tenham mais prejuízos, não somente financeiros, mas que envolvam a saúde dos cidadãos, a rotina das pessoas e a ordem pública nacional”, encerra.

Fonte: Correio do Povo

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2024 ® - Todos os direitos reservados