Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Tenente Portela chega a 1.165 casos e decreta situação de emergência em decorrência da dengue

Documento autoriza a mobilização de todos os órgãos municipais para combater os focos do mosquito Aedes aegypti

10 de fevereiro de 2024
Tenente Portela busca mobilizar todos os esforços para conter avanço da dengue (Foto: Prefeitura de Tenente Portela / Divulgação)

Segundo o painel de monitoramento da dengue da Secretaria Estadual de Saúde (SES), o município com pouco mais de 14 mil habitantes tem 932 casos confirmados nesta sexta. Na segunda-feira (05), o Centro Estadual de Vigilância em Saúde do RS (Cevs) confirmou que uma moradora da cidade 71 anos morreu em decorrência da doença, ocasionada pela transmissão do mosquito Aedes aegypti.

O decreto também prevê o remanejo de servidores públicos e prestadores de serviço da administração para atender às demandas prioritárias da Secretaria de Saúde. O documento tem validade de 180 dias após a sua publicação.

A confirmação do decreto de emergência vem na esteira de Três Passos, que na quarta (7) também autorizou a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem em as ações de combate, campanhas e conscientização junto à população. Com 154 casos confirmados, o município é o quarto com mais diagnósticos positivos de dengue no RS, enquanto Tenente Portela é o primeiro.

Pedido de ajuda
Com o objetivo de frear o avanço da doença, a prefeitura de Tenente Portela começou a distribuir repelentes para funcionários públicos que trabalham na força-tarefa para eliminar focos do mosquito na quinta-feira (8).

Segundo o prefeito Rosemar Sala (PSDB), o município teve dificuldade de conseguir fornecimento em grande quantidade do produto e, por isso, dá prioridade aos servidores que atuam no enfrentamento da doença.

— Estamos tentando mais unidades do produto com os fornecedores para podermos distribuir para toda população. Infelizmente a oferta é pequena, mas já estamos providenciando. Acredito que isso vá amenizar os casos da doença no município — afirmou.

Nos primeiros dois meses de 2024, o Rio Grande do Sul registrou quase 4 mil casos confirmados da doença, sendo 2.874 autóctones, e três mortes. Os demais foram importados (residentes do RS que foram infectados em viagem a outro local). Em 2023, o RS registrou mais de 34 mil casos autóctones, ou seja, contraídos dentro do estado. Ao todo, foram 54 óbitos em virtude da dengue no ano passado.

Fonte: Rádio Alto Uruguai - com informações de GZH

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2024 ® - Todos os direitos reservados