Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Universidades suspenderam aulas em meio à situação de calamidade pública no RS

UFSM suspendeu suas atividades até o dia 10 de maio, em Santa Maria e Cachoeira do Sul

9 de maio de 2024
Campus da UFSM foi tomado pelas água na semana passada (Foto: ASCOM/UFSM)

A reitoria da Uergs – Universidade Estadual do RS, emitiu ontem à tarde, uma portaria que prorroga até o dia 18 de maio, a suspensão das atividades acadêmicas da universidade. Nesse mesmo período, as atividades administrativas ficarão em formato remoto (dentro das possibilidades de cada local).

A portaria de prorrogação foi publicada considerando, entre outros fatores: o decreto que declara o estado de calamidade pública no território do Estado, os danos causados nas estradas que envolvem as unidades de ensino da Uergs;
as informações e ponderações compartilhadas na reunião realizada entre a equipe de gestão da universidade, chefes de unidade, diretores regionais e outros funcionários da Uergs.

UFSM suspendeu atividades em Santa Maria e Cachoeira do Sul
A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) está com suas atividades acadêmicas suspensas até amanhã, sexta-feira, dia 10, nos campi de Santa Maria e Cachoeira do Sul. Conforme nota da UFSM, as atividades administrativas são feitas de maneira remota.

A chuva causou diversos estragos na instituição, entre eles o rompimento da fibra óptica que mantém o funcionamento dos sistemas de internet da universidade. Durante a semana sem aulas, o Restaurante Universitário de Santa Maria irá funcionar apenas para moradores da Casa do Estudante.

Os campi de Frederico Westphalen e Palmeira das Missões seguem com as atividades mantidas.

Unijuí com atividades normais, mas mobilizada em prol das vítimas
A Unijuí, desde terça-feira, dia 07, retornou às atividades letivas em sua regularidade nos quatro campi (Ijuí, Santa Rosa, Panambi e Três Passos). A Fidene e suas mantidas, Unijuí, Centro de Educação Básica Francisco de Assis – EFA, Museu Antropológico Diretor Pestana e Rádio Unijuí FM, juntamente com as entidades parceiras Sinpro Noroeste, SINTEEP Noroeste e Diretório Central dos Estudantes – DCE, permanecem mobilizadas na coleta de itens para auxiliar as famílias afetadas pelas fortes chuvas.

Universidades na região metropolitana servem de abrigo para desalojados
Em várias regiões do Estado, prédios de muitas universidades viraram abrigo para milhares de desabrigados vítimas da chuva e das enchentes. Em meio à situação de calamidade pública, as instituições de ensino suspenderam as atividades acadêmicas, pelo menos, até o próximo final de semana.

Na Ulbra, em Canoas, há mais de 6 mil pessoas acolhidas. No município, ainda há desabrigados na Universidade LaSalle, que também conta com um canil. Em Porto Alegre, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) e a Universidade Federal de Ciência da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) auxiliam com trabalhos de resgate e espaços para abrigo. Na UniRitter, alunos e familiares estão alojados no campus zona norte, na Avenida Manoel Elias.

Fonte: Jornalismo - Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2024 ® - Todos os direitos reservados