Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Nova ponte de Navegantes substituirá estrutura levada pela enchente na divisa de Tenente Portela e Três Passos

Os danos provocados pelas cheias do Rio Turvo têm sido frequentes. Esta é a terceira vez que isso ocorre em menos de um ano.

11 de maio de 2024
Fotos: Assessoria de Comunicação | Prefeituras de Três Passos e de Tenente Portela
A ponte da Navegantes, como é conhecida a travessia secundária entre Três Passos e Tenente Portela foi parcialmente destruída pela força das águas do Rio Turvo, em decorrência da enchente registrada no início deste mês. Desde então, a passagem está interditada. Para buscar uma solução conjunta para este problema, representantes dos dois Municípios participaram de uma reunião na manhã desta sexta, 10, em Três Passos. Ao final do encontro ficou acordado que será encaminhada a construção de uma nova ponte.
Participaram da reunião, representando Três Passos, o prefeito, Arlei Tomazoni; o procurador geral, Carlaile Hörbe; a coordenadora da Defesa Civil e secretária de Agricultura, Cristiane Bertaluci; e os secretários de Planejamento, Vertner Both; e de Transportes, Marcos Rache. Por Tenente Portela, estiveram o prefeito, Rosemar Sala; e os secretários de Políticas Estruturantes e Zeladoria, Salete Sala; e de Administração, Planejamento e Comunicação Social, Paulo Farias.
Os danos provocados pelas cheias do Rio Turvo têm sido frequentes. Esta é a terceira vez que isso ocorre em menos de um ano. Nas outras situações, os Municípios investiram na reconstrução, porém, a partir deste último episódio climático, a ideia é fazer uma nova ponte que suporte eventuais enchentes. Os gestores entendem que repor o que foi levado pelas águas e tentar recuperar a atual estrutura, seria uma medida paliativa.
O primeiro passo será contratar uma empresa que elabore o projeto e posteriormente uma para executar a obra. As duas etapas se darão através de processos licitatórios coordenados pela Prefeitura de Três Passos. Enquanto isso, os Municípios se empenharão na busca de recursos nas esferas Estadual e Federal para custear a nova estrutura. As despesas de contrapartidas serão divididas entre as duas Prefeituras.
Mesmo com o tratamento prioritário a esta demanda, o certo é que a travessia somente poderá ser restabelecida a partir da entrega da obra. Pela complexidade do projeto, não é possível ainda estabelecer um prazo com a conclusão. Enquanto isso, a ligação entre Três Passos e Tenente Portela será somente pela ponte da RSC 472.
Fonte: Assessoria de Comunicação | Prefeituras de Três Passos e de Tenente Portela

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2024 ® - Todos os direitos reservados